Um Verão à varanda do Porto

Um Verão à varanda do Porto

Durante o mês de Agosto, o Festival Varandas está de regresso ao verão da cidade do Porto. Todas as sextas-feiras, somos convidados a olhar para cima e desfrutar de espetáculos de poesia, música e teatro.

As propostas rumarão a diferentes destinos, mas este ano terão sempre as varandas de Miragaia como ponto de encontro, com uma vista privilegiada para o rio Douro.

Festival Varandas 4

Os mais pequenos voltam a contar com o seu momento especial no festival, na manhã de dia de 13 agosto. E a fechar o programa, entre as 19 e as 21 horas de 26 de agosto, há uma outra novidade: a realização de uma sunset party à varanda. Aproveite em grande este Verão no Porto!

PROGRAMA

Dia 5 | 22 horas | Varanda ao Largo Artur Arcos

 “Viagens na Minha Terra” (música)

Será dada uma volta ao país, com passagem pelo reino da Galiza. Através da voz e de arranjos originais de Rui David, uma presença habitual deste certame e um músico conhecido da cidade do Porto, convida-se a uma incursão pela música tradicional. Será visitado o cancioneiro galaico-português, uma área geográfica e cultural cheia de sonoridades trovadorescas com vista sobre o passado e sobre uma identidade interpretada em tons do presente.
Voz, Guitarra e Arranjos Originais: Rui David.

Dia 12 | 22 horas | Varanda World of Discoveries

“Homenagem Interativa a Gil Vicente” (Teatro)

É Gil Vicente do princípio ao fim, tudo mais ou menos em uma hora. A propósito dos 550 anos do nascimento do “pai do teatro português”, serão percorridos os seus principais autos desde do Auto da Visitação até à instauração da inquisição por D. João III, que pôs termo à actividade de Gil Vicente. Poeta nascido em plena Expansão, a sua obra testemunha lutas políticas, a descoberta da Costa de África, a chegada de Vasco da Gama à Índia, as conquistas de Afonso de Albuquerque e outros, a transformação de Portugal em “capital” europeia, ponto de passagem e paragem obrigatória no mundo. “Entrem, portanto, nesta barca, houlá!, que a maré estará de feição e a rir castigaremos os costumes!”.

Encenação: Romeu dos Anjos Pereira;
Elenco: Luís Mendes Almeida, Francisco Conceição, Tiago Teixeira, André Aguiar, Filipe Reis, Sílvia Caprichoso;
Criação e Coprodução: World of Discoveries, Museu Interactivo e Parque Temático e Associação Teatro Construção.

Dia 19 | 22 horas | Varanda ao Largo Artur Arcos

“… e fugimos em direção a Las Vegas…” (poesia)

Uma viagem poética, um espectáculo de intervenção, onde se dá destaque aos textos do escritor Pedro Bastos, António Botto, Bocage, Gil Vicente, entre outros, mas onde não se esquece sabedoria popular, provérbios e os almanaques do Porto. Uma viagem com indicações úteis, instruções sobre os nossos dias, a nossa sociedade, o nosso tempo, enfim, cada um sabe do seu destino… Para rir e reflectir, aconselhado a todos os que ainda se indignam com o destino das coisas do país.
Criação e Produção: XaTa Poesia Teatral (Tânia Dinis e Xana Miranda)

Dia 26 | 22 horas | Varanda World of Discoveries

“Big Summer” (música)

Foram uma das presenças do Primavera Sound deste ano em Barcelona. Os Big Summer nasceram em 2013, fruto do trabalho de Vasco Batista, músico portuense residente em Barcelona. O primeiro single, Morning Sun, em 2013, teve um êxito inesperado, sendo mencionado em vários blogues e rádios locais, altura em que Vasco decide criar o grupo. À edição de Morning Sun, segue-se o álbum de estreia, Bone and Arrow. E não pararam mais: com concertos em Espanha, digressão nos EUA, estreando-se agora em Portugal no Festival Varandas. O último álbum, Trigger, já anda no ouvido de muitos e tem alguns dos temas que ouviremos nesta noite indie-surf que cruzará músicos de Portugal (Porto) e Espanha (Barcelona), com sons de panorâmica para todas as belas praias do mundo.
Letras, música, voz e guitarra: Vasco Batista;
Baixo: Raimon Alvarez;
Bateria: Yuse Riera.

PROGRAMAÇÃO PARALELA

Dia 13 | 11,30 horas | Arcos de Miragaia ao Largo Artur Arcos

“Varandinha: O Globo” – “EcoShakespeare: Romeu e Julieta em Verona” (teatro infantil)

Sinopse explicada aos mais crescidos:
É o nome do seu teatro: O Globo. E foi sobre o mundo que Shakespeare sempre escreveu. O mundo e as pessoas e o que elas fazem ao mundo. Neste projecto de histórias do bardo imortal, O Globo dá uma ajuda ao planeta, celebrando os 400 anos da morte do grande mestre inglês da literatura universal. As tragédias e as comédias serão contadas aos mais pequenos, percorrendo o planeta com a ponta do dedo. No Varandinha, irão viajar até até Itália, com Romeu e Julieta em Verona, recorrendo a um cesto de compras e à separação do lixo. Azul, verde, amarelo, orgânico:é o teatro nas cores de O Globo.

Sinopse explicada aos mais pequenos:
Romeu ama Julieta. Ou será que que ama uma batata? Os Capuletos andam às avessas com os Montéquios. Ou será isto uma luta entre latas? E no meio desta história onde fica o pacote de leite? Shakespeare vai até Itália e dá uma ajuda ao planeta com O Globo, separando vidro, plástico, papel e orgânico por cores com Romeu e Julieta em Verona. Ninguém perde esta batalha. Ganha O Globo. Sabes estas cores de cor?
Criação: Gisela Duque Pereira e Mirró Pereira;
Interpretação: Mirró Pereira;
Produção: PlateiaParalela.

Dia 26 | 19 horas | Varanda MiraJazz – Grupo Musical de Miragaia

 “Sunset à Varanda” (música)

O festival fechará portadas em festa, começando a despedida do verão com os olhos postos no pôr do sol. O Sunset à Varanda convida a um fim de tarde refrescante ao som de Brandon Taj Hanick, um músico da Flórida que vive em Athens, na Geórgia (EUA), terra dos célebres R.E.M. e B’52. Viveu em Barcelona e já percorreu o mundo com a sua música. Agora é a vez do Porto ouvir a sua voz e a sua guitarra no seu estilo country-pop-psychedelic.

Fonte: Porto Lazer