Turismo dos Açores lança Plano Estratégico e de Marketing

Turismo dos Açores lança Plano Estratégico e de Marketing

O Governo Regional dos Açores apresentou no passado dia 30 de março o Plano Estratégico e de Marketing do Turismo, documento a implementar já em 2016 e com orientações até 2020.

O Plano Estratégico e de Marketing do Turismo dos Açores (PEMTA) define um conjunto de estratégias com o objetivo de alcançar resultados ao nível da qualificação e desenvolvimento sustentável do setor do turismo, da preservação do meio ambiente e do desenvolvimento da atividade turística como ferramenta de dinamização da economia regional em todas as ilhas.

Expedições fotográficas Épico

Foto: Épico – Animação e Eventos

A sua missão é “Atingir a verdadeira sustentabilidade através do Turismo, proporcionando aos nossos visitantes uma experiência de convidados especiais em ambiente natural, recebendo-os com carinho e cortesia genuínas, para que a experiência dos Açores lhes deixe saudade e os faça voltar. Assim assumimos o compromisso de trabalhar o nosso destino de modo próximo com as nossas comunidades para que, de forma integrada e inclusiva, consigamos atingir o equilíbrio social, económico, cultural e ambiental.”

A concretização dos objetivos estratégicos assenta na definição de produtos estratégicos e complementares, sendo o turismo de natureza o produto central dos Açores. O turismo náutico, o touring cultural e paisagístico, a gastronomia e a saúde e bem-estar, constituem-se como os produtos complementares que diversificam e enriquecem a oferta.

Tradicampo

Foto: Casas Tradicampo

Uma das recomendações do plano é que o “futuro plano de ordenamento turístico do território deve definir as linhas orientadoras do desenvolvimento turístico, que preservem a qualidade ambiental e o bem-estar social dos Açores.” Acrescenta que “a tipologia do alojamento a oferecer deverá estar integrada na oferta do turismo de natureza, considerando-se que as opções de alojamento mais adequadas para o turismo dos Açores, são aquelas com um nível de autenticidade superior e muito ligadas às características do território.“

Relativamente à estratégia de posicionamento, o PEMTA recomenda o investimento numa imagem que transmita o produto âncora: a natureza e paisagem e as atividades passíveis de serem desenvolvidas em cenários de beleza única.

Sailingside

Foto: Sailingside

A preservação ambiental, a sustentabilidade natural e a calma e tranquilidade concentram as principais características do destino e os fatores que permitem estabelecer uma estratégia de diferenciação, face aos concorrentes, devendo ainda cada ilha ter “em consideração as características especificas da sua oferta e as motivações de cada segmento de mercado”.

É nesta estratégia, de turismo aliado à sustentabilidade, que se incluem os parceiros da Green Stays neste arquipélago, com especial destaque para a Quinta dos Curubás, o Royal Garden Hotel, a Casa da Arribana, a Casa do Tanque, a Casa da Fonte e a Casa da Talha (todas estas da Tradicampo), na Ilha de São Miguel, a Casa do Norte, na Ilha de Santa Maria, e a Casa da Torre, o Baía da Barca e Épico – Animações Turísticas na Ilha do Pico.