'Rua das Pretas' em digressão pelas adegas portuguesas

‘Rua das Pretas’ em digressão pelas adegas portuguesas

Nas Tertúlias vínicas misturam-se boa música, bom vinho e boa conversa, e em Agosto, as tertúlias ‘Rua das Pretasde Pierre Aderne iniciam um tour pelas adegas nacionais.

Juntar o charme das vinhas com a delícia dos bons vinhos e o prazer de ouvir boa música tocada e cantada ao vivo, é o mote para fazer a primeira tournée vínica da “Rua das Pretas” e percorrer adegas do Alentejo, Lisboa, Bairrada, Douro e Dão.

Pierre Aderne

Pierre Aderne, o cantor e compositor do mundo, nascido em França, criado no Brasil, filho de um português e de uma brasileira e que nos últimos dez anos tem levado Portugal em harmonias, letras e melodias, inicia o “tour-vínico” no dia 29 de Agosto, das 19 às 22 horas na Herdade do Esporão. A primeira tertúlia vínica conta com a presença de Nadine Brás, João Barradas e Tiago Pereira – autor da Musica Portuguesa a gostar dela própria – que traz Paulo Colaço de fortes raízes de música alentejana.

Kátia Guerreiro, Cristiana Águas, Cuca Roseta, Sara Tavares, entre muitos outros, são nomes e amigos que Pierre Aderne convida regularmente para participarem nas suas ‘Rua das Pretas’.

O vinho e a música têm a capacidade de juntar pessoas de forma orgânica e criar momentos especiais de partilha. O facto de ser em adegas potência ainda mais essa aproximação entre público e artista. Será tempo, nas adegas, de receber pessoas e celebrar o seu maravilhoso vinho. Quando iniciei estas tertúlias vínicas há quase 10 anos, ainda no Rio de Janeiro, sonhava em poder fazê-las em adegas portuguesas, pois o vinho sempre foi o fio condutor dessas noites. a guitarra, a voz e um copo cheio de histórias a serem partilhadas. Estar perto dessescompositores’ (produtores) que tanto admiro é uma dádiva. Bem haja!”, refere Pierre Aderne.