Monte da Provença, e assim nasceu um eco-hotel em Elvas

Monte da Provença, e assim nasceu um eco-hotel em Elvas

Da recuperação e expansão de uma ruína em Elvas, nasceu em Fevereiro de 2015 o Hotel Rural Monte da Provença, um hotel de charme com preocupações ambientais desde o projeto até à sua exploração.

Este empreendimento turístico ecológico e sustentável tem como missão reforçar o “branding” da região alentejana fora de portas, revelando a sua história, cultura, a gastronomia, o artesanato e vinhos locais. No primeiro ano de atividade, o eco hotel já acolheu hóspedes de 26 nacionalidades distintas, registando uma ocupação média a rondar os 45%. Neste ano de 2016, crescimento é a palavra de ordem.

Monte da Provença3

O eco-hotel pretende realçar os valores da região alentejana no mercado interno, mas aposta sobretudo no público internacional através de uma presença ativa em diferentes plataformas de promoção digital do negócio, incluindo blogs da especialidade.

Entre o perfil de clientes que habitualmente se instala no Hotel Rural Monte da Provença, o empreendedor responsável pelo projeto destaca dois segmentos: o Turismo Sénior e os visitantes de Patrimónios Mundiais.

Na promoção diária dos produtos e da cultura alentejana, o Hotel Rural Monte da Provença estabeleceu uma rede de parcerias que proporciona experiências únicas aos hóspedes e dinamizou uma montra com produtos tradicionais da região para venda, sem nunca descorar a postura ecofriendly. “Provas de vinho, visitas a adegas, passeios de balão, pesca da carpa, birdwatching ou passeios a cavalo” são algumas das atividades mais requisitadas pelos hóspedes, segundo Filipe Figueiredo.

Monte da Provença2

A política ecológica do Hotel

No plano ecológico, o Hotel Rural Monte da Provença assume uma postura ativa na defesa da sustentabilidade ambiental. “Produzimos mais de metade da eletricidade consumida através dos painéis fotovoltaicos, o aquecimento de águas e o aquecimento central são feitos por coletores solares, auxiliados por caldeira a pellets nos dias mais frios ou chuvosos. Tanto o aquecimento como o arrefecimento no verão são feitos por piso radiante e todas as nossas lâmpadas são LED”, menciona o responsável pelo projeto. O hotel está ainda a medir com regularidade os consumos efetuados e a trabalhar para a certificação final de ECO Hotel da TUV Reihnland.

Com todas estas boas práticas, o Hotel Rural Monte da Provença conseguiu poupar mais de 14 mil kwh de energia elétrica, mais de 23 mil kwh de energia térmica e reciclar 115 litros de óleo vegetal. O estabelecimento plantou ainda 400 árvores e arbustos, envolvendo ainda colaboradores, hóspedes, parceiros e fornecedores no seu programa de eco política. Isto sim, é turismo sustentável!