HouseSitting na Quinta do Pisão, pela Exploring Sustainable Worlds

HouseSitting na Quinta do Pisão, pela Exploring Sustainable Worlds

Esta é a nossa quarta experiência de HouseSitting em Portugal. Desta vez estivemos a cuidar de 2 cães, 2 gatos, 19 galinhas, 72 patos e dos espaços verdes da Casa do Pisão, uma quinta com 3,8 hectares de floresta e campos agrícolas, com vistas magníficas para um afluente do Rio Mondego.

A Casa do Pisão aluga para turismo um estúdio auto-suficiente. Já tínhamos conhecido pessoalmente o casal anfitrião há uns meses atrás, quando fomos a Coja passar 3 dias sustentáveis numa cabana. Como nos tínhamos candidatado a este HouseSitting, aproveitámos a viagem para nos conhecermos pessoalmente. Foi a primeira vez, até agora, que conhecemos os anfitriões e as suas casas antes de fazermos a experiência de HouseSitting.

casa-do-pisa%cc%83o-2

Embora já conhecessemos o local, não deixou de nos voltar a surpreender com as maravilhosas vistas sobre o afluente do Rio Mondego! A Claudia e o Leon vieram para esta propriedade há cerca de 2 anos. Recuperaram a casa de pedra, fizeram uma piscina, uma horta e agora têm imensos animais na quinta.

Um pequeno vídeo que fizemos sobre esta experiência, que ilustra o nosso dia-a-dia :)

A nossa rotina de tarefas
A nossa rotina começava bem cedinho, às 6h30 da manhã, para ir abrir a porta dos patos e galinhas e tratar deles: ver a água, comida e fazer uma limpeza geral ao espaço.
Depois tratávamos do pequeno almoço dos cães e gatos e dávamos um passeio.
A meio da manhã e da tarde passávamos novamente nos patos e galinhas para dar umas comidinhas boas e uns carinhos e no final do dia tratávamos de os recolher para as suas casas.
Dávamos mais uma refeição aos cães e gatos e regávamos os jardins e horta.
A Lula e a Pastel são os cães que nos acompanhavam nas nossas atividades da quinta.
Ponto alto de aprendizagem

O nosso ponto alto de aprendizagem nesta quinta foi mesmo com os patos e galinhas. Eram quase 100 animais à nossa responsabilidade, adultos e bebés, patas e galinhas a chocarem e novos nascimentos.
Sentimos desde o início o amor e dedicação que este casal tem por estes animais e por isso eles eram alvo da nossa maior atenção.

Aprendi mais sobre a alimentação destes animais, que deve ser o mais variada possível, podendo assim traduzir-se em excelentes e ricos ovos para consumo.

casa-do-pisa%cc%83o-3

Momentos deliciosos
A abertura das portas dos patos e galinhas, às 6h30 da manhã :)
Os sabores dos produtos da horta. Tivemos o privilégio de provar, nomeadamente, as curgetes, morangos, pimentos, tomates, beringela, etc.
As vistas maravilhosas sobre o afluente do Rio Mondego.
Tínhamos planos de ir passear fora da quinta e fazer a Ecopista do Dão, mas era impossível fugir daquele paraíso. O que mais desfrutamos foi mesmo a Natureza, o silêncio, a piscina, o rio.

Momentos desafiantes

Sem dúvida, a Pastel foi o cão mais desafiante que tivemos até agora. Dominada pela sua história de experiências negativas passadas, demora algum tempo a confiar nas pessoas e 5 dias foram muito pouco para conquistar essa relação de confiança de uma forma mais sólida. No entanto, tive uma excelente surpresa no último dia, quando ela me veio lamber a mão sem eu contar. Afinal, foi ela a dizer-nos “Missão Cumprida” :)

Este texto foi escrito pela Raquel, uma psicóloga exploradora de mundos sustentáveis que caminha através de desafiantes rotas internas. Para conhecer mais experiências da sua jornada, visite o seu blogue em http://www.exploringsustainableworlds.com/