Geopark Naturtejo celebra uma década de sucesso

Geopark Naturtejo celebra uma década de sucesso

O Geopark Naturtejo comemorou  o seu 10º aniversário com uma cerimónia em Penamacor, na qual estiveram presentes o ministro da Cultura, João Soares, e a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

O sucesso do Geopark foi destacado pelo ministro da Cultura que sublinhou o contributo que o projeto tem dado ao país na “afirmação de valores culturais, que são valores identitários e que são também uma das nossas mais-valias em termos de afirmação no mundo de competição internacional”. O ministro disse ainda estar orgulhoso do exemplo de cooperação que tem sido dado pelos vários concelhos que integram a rede do Geopark.

Inselberg de Monsanto Naturtejo

Já a secretária de Estado do Turismo sublinhou o facto de o Geopark Naturtejo simbolizar “o que eu quero para o turismo” e ser o que considera “um bom exemplo do turismo em Portugal, nomeadamente pela capacidade de articulação e cooperação”.

Integrando os concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Nisa, Oleiros, Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão e Penamacor, o Geopark Naturtejo foi o primeiro geoparque português a integrar a Rede Global de Geoparques, constituída atualmente por 120 áreas em 33 estados-membros.

Na cerimónia de comemoração do 10º aniversário do Geopark, o presidente da Naturtejo, recordou o percurso feito e o desenvolvimento de um projeto que numa década passou de 39 unidades de alojamento para 89 e de 114 para 147 estabelecimentos de restauração. Somam-se hoje, na área abrangida, quatro centros de BTT, quando no início não existia nenhum.

Onde ficar

Bem pertinho da Reserva Natural da Serra da Malcata, a 8 km de Penamacor, as Casas do Moinho do Maneio são um lugar perfeito para descansar com todo o conforto e tranquilidade, onde a ausência de televisão o irá desligar do Mundo e os tablets e smartphones passam para um segundo plano. Ler mais…

Fonte: Turisver